Área Restrita
cadastre-se esqueci minha senha

Leilões

Compras de Bens e Serviços pela Administração Pública

O pregão eletrônico da Bolsa Brasileira de Mercadorias realiza compras públicas em ambiente seguro, com muitos participantes envolvidos na disputa pelo fornecimento de produtos e serviços, gerando economia de recursos e rapidez nas contratações.

1. O Que é o Pregão Eletrônico da Bolsa Brasileira de Mercadorias?

Sistema operacional desenvolvido com recursos da tecnologia da informação, exclusivamente para aquisições de bens e serviços via internet, em que vence o fornecedor que oferecer o melhor preço.

2. Como o Órgão Público pode Utilizar o Pregão Eletrônico para suas Compras?

O interessado deve solicitar orientação do Corretor da Granos, para saber como deve ser a adesão ao sistema, sem nenhum custo para a administração pública.

3. Quais as Vantagens do Pregão Eletrônico?

Participação ativa dos operadores da corretoras como fomentadores de negócios e conseqüente ampliação do número de fornecedores na disputa de preços;

Obtenção de bons preços;

Isenção de custos operacionais para o setor público;

Redução de custos aos fornecedores;

Sessão pública de fácil acesso, via internet, para o acompanhamento por qualquer interessado;

Sistema operacional seguro, rápido e amigável;

Baixíssimo índice de impugnações e recursos administrativos Agilidade nas contratações com expressiva diminuição dos prazos entre as publicações dos editais e os recebimentos de produtos e serviços;

Simplificação do processo de demonstração das aquisições;

Participação de fornecedores de localidades distantes.

4. Quem Define as Regras do Pregão Contidas no Edital?

Cabe ao órgão comprador definir no edital as condições do pregão, como o objeto, as exigências de habilitação, os critérios de aceitação de propostas, as sanções, as cláusulas contratuais, os prazos para o fornecimento, as condições de participação e a nomeação do pregoeiro e da equipe de apoio.

5. Como os Fornecedores podem Participar do Pregão Eletrônico?

Qualquer pessoa física ou jurídica interessada fornecer produtos e serviços e que atenda as exigências pode participar dos pregões, mediante cadastramento em uma Central Regional de Operações da Bolsa através da Granos Corretora nos prazos estabelecidos no edital. Todas as funcionalidades oferecidas são executadas pela Granos Corretora, por meio de chaves e senhas de acesso ao sistema eletrônico.

6. O Que Pode ser Adquirido pelo Pregão Eletrônico?

Podem ser adquiridos bens e serviços comuns – aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser definidos no objeto do edital, em perfeita conformidade com as especificações usuais praticadas no mercado. O pregão eletrônico permite essas aquisições por meio do Sistema de Registro de Preços.

7. Como Funciona o Sistema Operacional do Pregão Eletrônico?

Utiliza recursos de criptografia e autenticação, proporcionando total segurança á interligação simultânea dos participantes sem a interferência da Bolsa Brasileira de Mercadorias.

O sistema está configurado para entender todos os procedimentos necessários para a realização do pregão, desde os cadastramentos até o fechamento. Além disso, permite algumas funcionalidades especiais, conforme o interesse do órgão licitador:

Utilização do critério de desclassificação dos licitantes que tenham apresentado propostas iniciais de preços superiores a 10% do menor preço registrado, respeitando o número mínimo de três licitantes na fase petitiva;

Fechamento diretamente realizado pelo pregoeiro, ou automática e aleatoriamente pelo sistema em até 30 minutos após ser acionado (fechamento randômico);

Ocultação dos nomes dos licitantes até a declaração do vencedor;

Possibilidade de registro de lances em percentuais de descontos crescentes;

Definição e automatização de prazos específicos para todas as fases do pregão.

Granos Comércio e Representação Ltda - www.granos.agr.br
Avenida Ministro João Arinos, 130 - Chácara Cachoeira
Campo Grande - MS | 79040-330
(67) 3345-5800

Redes Sociais
Desenvolvido por Youzoom - Soluções Web