Área Restrita
cadastre-se esqueci minha senha

Notícias

05/10/17 SOJA/MILHO: Risco de replantio persiste mesmo com volta das chuvas - Somar

05 de outubro de 2017
   Porto Alegre, 05 de outubro de 2017 - Após estiagem prolongada entre o
final de agosto e a maior parte de setembro, as principais regiões produtoras
de soja e de milho do Sudeste e do Centro-Oeste enfim receberam chuvas a partir
da última semana do mês passado e puderam retomar o plantio da Safra de
Verão.

    "O problema agora é que as chuvas estão diminuindo, e a previsão é de
tempo seco para boa parte das áreas de grãos de Minas Gerais, Goiás e Mato
Grosso, o que fatalmente vai fazer o pessoal desacelerar o plantio", disse o
agrometeorologista da Somar Meteorologia, Celso Oliveira, em entrevista à
Agência SAFRAS.

    Segundo ele, há previsão de chuvas apenas para a partir da segunda
quinzena de outubro. Até lá, serão dez dias de pouca chuva e de muito calor.
"E o aumento das chuvas previsto não é uma maravilha", frisou.

    Há situações pontuais de melhora acentuada nas condições de umidade do
solo, como nas regiões de Sapezal e Campo Novo do Parecis, no Mato Grosso,
onde a retomada do plantio deve ser mais acelerada. "Mas, no geral, ainda há
risco de replantio. As chuvas que vieram até agora não são de boa qualidade.
Até outubro, o sinal era vermelho. Agora choveu e o sinal está amarelo, porque
choveu, mas essa chuva parou e a próxima que vai chegar não deve ser tão
boa", apontou o agrometeorologista.

    Em resumo, as áreas citadas do Mato Grosso e ainda o estado do Mato Grosso
do Sul têm risco menor de replantio. Já para outras áreas do Mato Grosso,
além de Goiás e Minas Gerais na totalidade, os riscos são maiores de os
produtores terem que realizar novamente a semeadura da soja e de milho.
        

Fonte: Safras

Granos Comércio e Representação Ltda - www.granos.agr.br
Avenida Ministro João Arinos, 130 - Chácara Cachoeira
Campo Grande - MS | 79040-330
(67) 3345-5800

Redes Sociais
Desenvolvido por Youzoom - Soluções Web